Portuguese Popular Tales: The devil cat [three devil cats wrapped in white thread] (1975) - Paula Rego (1935)


Related Images

Monsaraz, Portugal Elvas, Portugal Monasterio de Batalha Mosaicos portugueses Monasterio de Batalha, Sala Capitular Évora, Catedral Obidos Óbidos, Portugal Mercadillo Évora, Catedral Porto Grande - Portugal Street, Porto, Portugal Portugal (Porto) Porto is the middle of the two pilgrimage towns, Fatima and Santiago de Compestala Praia da Baía dos Tiros - Portugal Portugal, Lisboa Sintra, Portugal Espigueiros de Soajo - Portugal 🇵🇹 Alfama - Lisboa - Portugal 🇵🇹 Rio Tejo - Lisboa - Portugal 🇵🇹 Portugal, Batalha.


License: Creative Commons - Attribution
Author: Pedro Ribeiro Simões
Description:
Calouste Gulbenkian Museum, Modern Collection, Lisbon, Portugal Material: Gouache on paper Collection: Calouste Gulbenkian Museum, Modern Collection Inv.: DP249 ABOUT THE WORK O Diabo Gato – Três Diabinhos Atados por um Cordel Branco parece recriar a atmosfera nocturna de uma floresta encantada: o predomínio de vermelhos e laranjas na representação da paisagem evoca um momento crepuscular ou nocturno, onde a economia de meios ao nível do desenho faz ressaltar o depurado das formas e a presença da cor. Nesta unidade da paisagem, destaca-se, em primeiro plano, o grupo dos três diabinhos, cujo amarelo dos corpos lhes confere uma luminosidade própria. Com efeito, o contraste da elaboração das suas formas e da sua coloração com a comparativa depuração e homogeneidade cromática da paisagem tornam-nos o centro da composição. Num plano intermédio, distinguimos uma personagem masculina, que espia a cena, alinhada cromaticamente, pelo roxo da sua indumentária, com as manchas de azul que pontuam esparsamente a composição. No conto em questão, refere-se à personagem que acolhe um gato em sua casa, sem saber tratar-se de um diabo, que introduz a discórdia na sua vida matrimonial. Porém, certo dia, a caminhar por pinhais, escuta três diabos a conversar, descobrindo então a identidade e estratégia do gato que acolhera. Como forma de quebrar o feitiço, o homem é aconselhado a atar um cordão ao gato, juntar-lhe um feixe de alecrim e lançar-lhe fogo, fechando-o numa divisão da casa.* A reinterpretação de Paula Rego desta versão (recolhida por Leite de Vasconcellos) parece assim condensar dois momentos narrativos: o da descoberta da verdadeira identidade do gato (na floresta) e a estratégia do homem para afastar o diabo que acolhera (em casa). Mais uma vez, constatamos que a narrativa funciona apenas como um mote para a reinterpretação da autora: longe da ilustração, o que nos oferece é uma metamorfose do conto através da sua reflexão plástica. * Ver José Leite de Vasconcellos (coligido), Contos Populares e Lendas, Coimbra, Universidade de Coimbra, 1963, p. 373 Luísa Cardoso Julho 2014 SOURCE: gulbenkian.pt/museu/works_cam/contos-populares-portuguese... BIOGRAPHY A “portuguesa de Camden Town”, como lhe chamava o poeta Alberto de Lacerda, vai estudar para Inglaterra aos 16 anos porque nas palavras do pai, Portugal «não é terra para mulheres». Desmontar jogos de poder, denunciar o autoritarismo político, a hipocrisia, expor o sofrimento no amor e a sexualidade encapotada, exaltar o poder feminino, não menos violento, perante todas as agressões, são alguns dos princípios subjacentes a uma obra, que desde a primeira exposição em Lisboa (SNBA, 1965/66), até hoje, continua a suscitar tanto a admiração quanto o embaraço. Considerada durante décadas como “artista marginal”, porque indiferente às artes conceptual e performativa dominantes na Inglaterra, obtém o reconhecimento do establisment artístico britânico quando, em 1990, aceita ser a primeira “artista associada” da National Gallery, em Londres. Se tivesse ficado em Portugal possivelmente teria sido «uma bêbada profissional» afirmou numa entrevista a Marco Livingstone, comissário da retrospectiva realizada no Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía, Madrid, 2007. A ida para Inglaterra foi decisiva, de outra forma nunca poderia ter faltado às aulas da Slade School of Art para ir ao cinema ou conhecido Victor Willing (1928-1988), intelectual, pintor, marido cúmplice da sua obra, cuja morte lenta inspirou novas metáforas, trevas e sombra que apreciava comentar. Em criança, na companhia do pai, Paula Rego sentia um prazer especial em ver as gravuras de Gustave Doré, publicadas no livro “O Inferno”, de Dante. Sem o menosprezo «snob das belas artes» relativo à ilustração, a sua pintura privilegia contar uma história, o suspense, ultrapassando a obra na qual se inspira, seja ela proveniente da literatura oral ou escrita, pictórica, musical ou cinematográfica. Conseguir passar «da cabeça para a mão» a corrente torrencial de imagens, sem censura, é um objectivo constante, muito embora, desde a série a pastel “A mulher-cão” (1994) utilize com frequência modelos, sobretudo Lila Nunes, antiga enfermeira de Victor Willing. O prazer físico de cortar e colar desenhos, modus operandi de finais dos anos 50 até ao início da década de 80 – gerando quadros abstractos e viscerais, numa clara inspiração em Jean Dubuffet, defensor da Arte Bruta – foi assimilado à pintura a pastel das últimas décadas. Criadora de fábulas, Paula Rego desenvolve um trabalho prévio de metteur en scène. Em Londres, o atelier é um palco secreto, no qual contracenam «fantasmas», alguns deles nascidos de esculturas que a pintora constrói. Longe de Portugal, a pátria que os inspira, submetem-se. Aqui «eles não virão mordê-la no rabo», lembra Nicholas Willing, o filho cineasta. Como a pintura é uma forma de «magia poderosa», esses fantasmas correm somente para dentro de quem os teme. SN Maio de 2010 SOURCE: gulbenkian.pt/museu/artist/paula-rego/

Credit:

Select Image Size
Square 75X75 View Download
Large Square 150X150 View Download
Thumbnail 70X100 View Download
Small 168X240 View Download
Small 320 223X320 View Download
Small 400 279X400 View Download
Medium 349X500 View Download
Medium 640 447X640 View Download
Medium 800 559X800 View Download
Large 715X1024 View Download
Large 1600 1117X1600 View Download
Large 2048 1430X2048 View Download
X-Large 3K 1862X2667 View Download
Original 1862X2667 View Download