CAVERNA DO DIABO - SOBE OU DESCE? (CAVE OF THE DEVIL - UP OR DOWN?)


Related Images

Grotte de la Madeleine - Saint-Remèze / Ardèche / France Grotte de la Madeleine - Saint-Remèze / Ardèche / France Grotte de la Madeleine - Saint-Remèze / Ardèche / France Grotte de la Madeleine - Saint-Remèze / Ardèche / France From anny's FASHION: Picture #6 Cavern carved by the sea in an ice wall near Commonwealth Bay, 1911-1914 Quiet Time Marble cathedral inside Seres de la caverna Hohllay / Huel Lee - Höhle, Tour bei Echternach - 20180506 - P1110763 Hohllay / Huel Lee - Höhle, Tour bei Echternach - 20180506 - P1110758 Igreja da Caverna dos Zabbaleens Grotte de la Madeleine Hohllay / Huel Lee - Höhle, Tour bei Echternach - 20180506 - P1110750 The Siren Grotte de la Madeleine - Saint-Remèze / Ardèche / France Seek some dew-drop here... Todo lo que brilla no es engaño Athena Welkeschkummer - Höhle, Tour bei Echternach - 20180506 - 125938


License: Creative Commons - Attribution-Share Alike
Author: Jônatas Cunha
Description:
Foto tirada com longa exposição da Caverna do Diabo (Gruta da Tapagem) - VALE DO RIBEIRA -BRASIL Photo taken with prolonged exposure of the Cave of the Devil - Valley of the River - BRASIL. Caverna do Diabo é uma caverna existente no Parque Estadual de Jacupiranga, município de Eldorado Paulista. Trata-se da maior caverna do Estado de São Paulo Desde sua descoberta, sua história é povoada pelas mais incríveis lendas. Justamente por isso, a Caverna do Diabo é um lugar que merece ser visitado pessoalmente. A apenas 280 quilômetros de São Paulo, no município de Eldorado, não é totalmente aberta à visitação pública. Dos 3 mil e 200 metros de extensão da caverna, apenas 400 metros estão livres para os turistas. Esta área dispõe de sistema de som e luz, passarelas, escadas e corrimãos. A longa estrada de terra que conduz à caverna e os sobes e desces em seu interior, constitui, sem dúvida, uma aventura para quem tem fôlego. A entrada da caverna fica a 500 metros de altitude e, lá dentro, o cenário é surpreendente. Curiosas estalactites, estalagmites, cortinas de pedras e cascatas de calcita intrigam especialistas e turistas que tentam desvendar os mistérios do lugar. As estalactites se formaram com a penetração da água no solo e, posteriormente, na camada de calcário, até atingir o teto da caverna. As estalagmites se elevam do solo, numa proporção estimada em três centímetros por século, o que justifica a preocupação dos guias e guardas da caverna com a degradação de seu interior. De um lado ao outro da caverna registra-se um desnível de 150 metros, o que impossibilita o acesso de pessoas inexperientes na maior parte de sua extensão. Somente espeleólogos têm permissão para ultrapassar os limites pré-determinados. As formações mais interessantes podem ser vistas no salão conhecido como Catedral. A beleza do lugar dá asas à imaginação. Talvez, por isso, algumas dessas formas ficaram eternizadas com nomes um tanto quanto estranhos: Cabeça de Ema, Guardião, Galeria dos Órgãos, Pia Batismal, Branca de Neve, Cemitério, Perfil de Buda, Reis Magos, Templo Perdido, Caldeirão do Diabo e Torre de Pisa. Passando por esta galeria atinge-se um lago de águas represadas do Ribeirão das Ostras. À direita está o setor superior, aberto aos turistas. E descendo, à esquerda, acredita-se que há um incrível e sinistro labirinto com cerca de cinco mil metros de corredores e galerias subterrâneas na mais profunda escuridão. Neste trecho, que parece conduzir ao centro da Terra, é proibida a entrada, pois o terreno é extremamente acidentado e perigoso. Outras coisas fascinantes podem ser vistas lá em baixo, num percurso, ora dentro das águas do ribeirão, ora nas rochas. São cachoeiras, lençóis de água e o lago do Silêncio, com 200 metros de extensão. Em alguns momentos, para se ultrapassar os obstáculos, é necessário o uso de cordas até ter a certeza de estar pisando em solo seguro. Dentro da caverna, o silêncio só é quebrado pelas águas que deslizam pelas rochas. Mas, lá dentro, o som é diferente. No interior da caverna tem-se a impressão de estar no maior lugar do mundo e, ao mesmo tempo, no menor cantinho, prestes a desabar. No ar sente-se o cheiro do perigo. pt.wikipedia.org/wiki/Caverna_do_Diabo

Credit:

Select Image Size
Square 75X75 View Download
Large Square 150X150 View Download
Thumbnail 100X75 View Download
Small 240X180 View Download
Small 320 320X240 View Download
Small 400 400X300 View Download
Medium 500X375 View Download
Medium 640 640X480 View Download
Medium 800 800X600 View Download
Large 1024X768 View Download
Original 1024X768 View Download